Especialidades

Lentes intraoculares

 

Lentes intraoculares (LIO’s) são cristalinos artificiais implantados no olho durante a cirurgia de catarata para substituir o cristalino opacificado. Diferentemente das lentes de contato, que são colocadas sobre a superfície da córnea para correção de miopia, hipermetropia, astigmatismo e presbiopia, as lentes intraoculares, como o nome já diz, são colocadas na parte interna do olho.

Atualmente existem a disposição do médico e paciente uma vasta variedade em lentes intraoculares. De acordo com os resultados dos exames que antecedem a cirurgia bem como das características do olho, necessidade e condição do paciente, o tipo mais adequado será indicado.

Lente intraocular monofocal: utiliza o princípio da refração, ou seja, direciona os raios de luz até um ponto focal. Este processo proporciona visão nítida apenas para uma única distância, sendo necessário o uso de lentes corretivas, como óculos, para se ter uma boa visão de perto, intermediária e de longe, simultaneamente.

Lente intraocular multifocal: Tem dois pontos de foco distintos para longe e perto através da tecnologia de apodização. Proporcionam uma visão de longe e de perto com menor dependência aos óculos após a cirurgia. Um dos efeitos colaterais e a presença de reflexos ao redor das luzes principalmente à noite

Lente intraocular trifocal: o design inovador permite que o paciente da lente intraocular trifocal tenha mais foco, melhorando a visão de perto, longe e zona intermediária em todas as condições de iluminação, dando-lhe uma visão clara e de alta qualidade. Permite visão de perto, de longe e distâncias intermediárias com maior independência dos óculos.

As lentes intraoculares podem ser rígidas (não dobráveis) ou flexíveis (dobráveis). No caso de implante da lente rígida, a incisão cirúrgica da cirurgia de catarata deverá ser um pouco maior além de ser necessário o uso de uma ou mais suturas para manter a vedação, já que a lente não é auto selante. Dessa forma, a recuperação tende a ser mais lenta. Já a lente flexível, por ser dobrável é possível realizar sua entrada no olho por uma micro incisão com um instrumento (injetor) semelhante a uma caneta, não sendo necessário a ampliação desta incisão ou pontos cirúrgicos. Esta abertura é microscópica, auto selante, não necessita de sutura e com recuperação mais rápida. Estas lentes podem corrigir também erros refracionais e assim podemos realizar também a cirurgia refrativa.

A lente implantada no olho tem duração permanente, não necessitando ser substituída com o tempo.

Existem diferentes modelos e marcas, mas principalmente diferentes indicações do uso da lente intraocular. Portanto, é difícil determinar um valor “tabelado”, pois o mesmo será diretamente relacionado à recomendação médica do tipo de LIO a ser utilizada para cada paciente específico.

 

LIO

                                                                      Lente intraocular