Correção de Estrabismo | ISO Olhos – www.isoolhos.com.br
Serviços

Correção de Estrabismo

Estrabismo é um distúrbio que afeta o paralelismo entre os dois olhos, que apontam para direções diferentes. Existem vários tipos de estrabismo, como a esotropia ou desvio convergente (desvio dos olhos para dentro), a exotropia ou desvio divergente (desvio dos olhos para fora) e os desvios verticais (um olho fica mais alto ou mais baixo do que o outro).

Esses desvios oculares podem ser constantes e ocorrer sempre no mesmo olho (monoculares) ou manifestar-se ora num, ora no outro olho (alternantes). Podem, ainda, ser intermitentes (surgem só de vez em quando) ou latentes, – também chamados de forias – quando a perda do alinhamento só fica visível sob certas condições, o que ocorre nas fotografias, por exemplo.

A cirurgia de estrabismo é precedida de exames pré-operatórios oftalmológicos e sistêmicos, dependendo das características de cada paciente. Trata de um procedimento muito seguro, com baixos riscos oculares e sistêmicos.

A operação é feita através de micro incisões que permitem a exposição dos músculos extraoculares, responsáveis pela movimentação ocular. No procedimento, o cirurgião altera o equilíbrio de força destes músculos, principalmente com enfraquecimento, fortalecimento e mudanças na posição de ação.

A cirurgia pode ser realizada em um ou ambos os olhos, dependendo do tipo de estrabismo que o paciente apresenta. A manipulação da conjuntiva, muitas vezes com realização de transplantes de conjuntiva de um lado para outro do olho, é um passo muito importante para a perfeita recuperação da superfície ocular. Geralmente, após algumas semanas, olhos operados de estrabismo não apresentam qualquer sinal visível da realização do procedimento.

Cirurgias - Estrabismo