Uso excessivo de eletrônicos durante o isolamento social pode causar a Síndrome do Olho Seco | ISO Olhos – www.isoolhos.com.br
Uso excessivo de eletrônicos durante o isolamento social pode causar a Síndrome do Olho Seco
Blog ISO Olhos

Uso excessivo de eletrônicos durante o isolamento social pode causar a Síndrome do Olho Seco

No período de quarentena e isolamento social, por causa da pandemia do coronavírus, o uso de eletrônicos permite que estejamos ainda mais conectados com tudo que pode nos unir aos outros. E é ótimo como distração por estar confinado em casa. Mas especialistas alertam: o hábito de passar horas diante do display de eletrônicos, embora ofereça entretenimento ou funcionalidade, pode também trazer consequências para pessoas de todas as idades.

Uma das consequências mais comuns é a redução da quantidade de piscadas, comprometendo a saúde ocular. Para uma boa lubrificação, o normal é piscar de 12 a 15 vezes, por minuto. Entretanto, quando estamos em frente a um dispositivo, pisca-se de três a cinco vezes menos. E a situação pode se agravar mais se a pessoa possuir predisposição para desenvolver a Síndrome do Olho Seco, que acomete cerca de 15% da população mundial.

Esta síndrome é caracterizada por uma deficiência na produção ou na qualidade das lágrimas provocando, principalmente, o ressecamento da superfície do olho. Entre os sintomas estão ressecamento, vermelhidão, ardor e coceira. Os estágios da doença vão de leve a moderado e grave. Os casos de moderado para grave trazem muito desconforto – dor, baixa da acuidade visual, dificuldade no uso de lentes de contato, dificuldade em atividades de rotina como ler, ver tv, usar o computador. Além disso, o olho sem lágrima é um olho que enxerga mal.

Formas de cuidados

* Diminuir a exposição aos aparelhos eletrônicos; a cada meia hora deve ser feita uma pausa para piscar e lubrificar;

*Beber mais água;

*Evitar o ar condicionado direto;

*Utilizar a lente de contato de forma moderada podem contribuir para evitar esse quadro;

*E caso já use colírios, deve-se aumentar a frequência da utilização.

Tratamento

O tratamento mais comum é o uso do colírios. Mas, neste caso, é necessária uma orientação do oftalmologista antes de comprar um colírio. A automedicação traz riscos para a saúde dos olhos.

O E-Eye IRPL é uma alternativa no tratamento, sendo o primeiro e único dispositivo de luz pulsada regulada de alta intensidade  no mundo, especificamente projetado para o tratamento da Síndrome do Olho Seco ligada à Disfunção das Glândulas de Meibômio (DGM).

Se você perceber que começou a desenvolver qualquer um dos sintomas descritos, procure imediatamente um de nossos oftalmologistas. Por se trata de um serviço essencial à população, estamos funcionando com atendimento com segurança para o paciente e o médico.

Sobre este assunto, a oftalmologista Dra. Lelise Reis Borges concedeu entrevista ao Jornal Paranaíba. Assista:

Deixe seu Comentário

Leia também

Processo Seletivo Residência Médica em Oftalmologia 2021

Processo Seletivo Re ...

O ISO Olhos –  Instituto de Saúd..

Dia Mundial da Segurança do Paciente: profissional de saúde seguro, paciente seguro.

Dia Mundial da Segur ...

Data reforça que fortalecer a cultura d..

Oftalmologistas do ISO Olhos participam do CBO 2020 Virtual

Oftalmologistas do I ...

Entre os dias 04 e 07 de setembro aconte..